Webmail l Contato l Administração
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

ALERTA AOS ASSOCIADOS: 07/03/2014 |

 

Associados devem imprimir Boletos no site - Apevale não enviará Boletos.

 

A Apevale e seus advogados acreditam que o processo de 2007 será julgado ainda este ano pelo Superior Tribunal de Justiça. Nesta etapa, as despesas com o processo são grandes.

Há gastos com os advogados que acompanham o processo em Brasília. Além disso, quando chegar o momento de apurar os valores, será necessário contratar um perito que possa elaborar os cálculos corretos de cada indenização o que vai demandar mais trabalho, tendo em vista a data que vai retroagir e o número elevado de sócios.

Em razão do alto custo para envio dos boletos, a Apevale decidiu que os associados devem imprimir os boletos para pagamento através do site www.apevale.com.br

A contribuição é obrigatória e informamos que aqueles que estão em dia com a associação terão preferência no momento de receber valores.

Para obter mais informações sobre o andamento do processo de 2007, basta acessar o site do Superior Tribunal de Justiça – www.stj.jus.br – e procurar o Recurso Especial nº 1.280.825.

As anuidades referentes à 2011,2012 e 2013 estão disponíveis no site da APEVALE e só devem ser pagas pelos sócios que assinaram Termo de Filiação e documentos referente a entrada nos processos da Apevale e efetuaram o pagamento para adesão, entre 2007 e 2009 e as adesões encerradas até a Assembleia em 06 de Dezembro de 2010, foram incluídas no processo 2009. Já deferida pelo Tribunal como parte na ação.

O processo 2009,  aguarda decisão em 1ª instância, que deve seguir a mesma decisão do processo 2007. 

Atenciosamente.

       Leônidas da Silva.

PRESIDENTE DA APEVALE. 

 



 
 
         

BOLETOS E RECESSO NOS TRIBUNAIS. 02/12/2014

INFORMATIVO APEVALE 12/05/2014. "Esclarecimento"

ALERTA AOS ASSOCIADOS:

   

PROCESSO STJ: Nº 1280825. Na tela do STJ (Clique em CONSULTAR).

2007.001.124138-2

Processo de Execução Provisória

2009.001.177793-6

Desenvolvido por:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player